Clique para ouvir o texto destacado! Distribuído por Discurso G
itenfrdeptes
Quinta-feira, 23 de maio de 2024, 14h57

Se você não fizer isso, você se tornará como uma criança

Escrito por
Classifique este artigo
(0 votos)

Compartilhe nosso conteúdo!

Dedicamos amplo espaço às crianças nesta edição La Santa Cruzada, para participar, com os nossos meios, na bela iniciativa do Papa Francisco, que anunciou o primeiro Dia Mundial da Criança em Roma, nos dias 25 e 26 de maio de 2024. Padre Gabriele Cantaluppi escreve explicitamente sobre este “dia” (p. 20-21 ), pois tanto a capa quanto a grande foto de abertura a ele se referem (p. 2-3) e finalmente, de forma indireta mas intencional, meu artigo é para crianças (p. 12-13) sobre os “Amigos (ou Arautos) de São José” , a seção da Pia União do Trânsito de São José formada por crianças e jovens.

O objetivo foi recordar e refletir sobre o lugar privilegiado que as crianças ocupam no Evangelho. Jesus aponta-os como exemplo para os seus discípulos (e para nós): “Em verdade vos digo que, se não vos tornardes como crianças, não entrareis no reino dos céus” (Mt 18). Também é comovente o evangelista Marcos, que recorda o abraço de Jesus a um deles: «Pegando num menino, colocou-o no meio e, abraçando-o, disse...» (Mc 3, 9). Um abraço de Jesus e um amor divino que São Pio): «Com que amor de predileção Jesus Cristo (Quam singular Christus amar...) amou os filhos da terra, é claramente atestado nas páginas do Evangelho."

Toda iniciativa para levar as crianças a Jesus é, portanto, muito apropriada. É sempre necessário obedecer à palavra do Senhor: “Deixem as crianças virem a mim e não as impeçam” (Mc 10, 14). Abençoado, portanto, é o Dia Mundial da Criança! Mas será que tudo isto diz algo a nós, adultos, talvez a nós, que já temos idade avançada? Um homem idoso, Nicodemos, expressou suas dúvidas a Jesus; encontrando-o à noite, ele fez uma objeção explícita: "Como pode um homem nascer sendo velho?" (Jo 3,4). Quase como se lhe dissesse que propor aos adultos algo específico para as crianças não fazia sentido.

Jesus respondeu a Nicodemos: “Em verdade, em verdade te digo que quem não nascer da água e do Espírito não pode entrar no reino de Deus”. Portanto, é no “nascer da água e do Espírito” que se realiza o caminho para voltar a ser criança, mesmo quando se é velho. E esta não é uma exortação piedosa, mas algo necessário! Jesus chega a dizer que se alguém não voltar a ser criança através deste “nascimento”, não pode entrar no reino dos céus, não pode ir para o céu.

Neste “nascimento”, na água do Batismo (e depois no pão da Eucaristia; por isso Pio aquela criança. Ai de nós, adultos, se procurarmos ações difíceis, possíveis para os adultos, mas impossíveis para as crianças! Pelo contrário, devemos deixar-nos «pegar nos braços» de Jesus, redescobrindo o abraço simples e fácil do Baptismo e da Eucaristia. Vivenciados da mesma forma como são recebidos pelas crianças, esses dons também oferecem a nós, adultos, a possibilidade de renascer.

Leia 106 vezes Última modificação em quinta-feira, 23 de maio de 2024 15h09

Deixe um comentário

Certifique-se de inserir todas as informações necessárias, indicado por um asterisco (*). código HTML não é permitido.

Clique para ouvir o texto destacado! Distribuído por Discurso G