Clique para ouvir o texto destacado! Distribuído por Discurso G
itenfrdeptes

Compartilhe nosso conteúdo!

A santidade não é contrária ao compromisso com os negócios ou com o trabalho. Com efeito, são estrelas que iluminam e tornam mais justa a cidade dos homens.

por Michele Gatta

A história deste mês é sobre um de nós, alguém da “porta ao lado”, por assim dizer. De um engenheiro hidráulico que lida principalmente com a purificação de água numa região do sul da Itália. Assim que chegou à empresa percebeu que talvez fosse o único que estava ali não pelas recomendações, mas pelo currículo.

Com muito empenho nos primeiros meses conseguiu colocar em funcionamento os cinquenta purificadores de que tinha que cuidar e que até então permaneciam fechados. Mais tarde também cuidou da água a ser purificada para outras empresas. Diz que «por onde quer que fosse percebi que a gestão rigorosa das águas públicas, a saúde dos cidadãos, o futuro dos nossos filhos, o bem de uma cidade eram valores de segunda ordem em comparação com o lucro e os interesses privados». Até que lhe pediram para colocar em segundo plano aqueles valores em que sempre acreditou. Para gerar lucros, num dos municípios, as lamas de esgoto eram despejadas no riacho vizinho que desaguava, após alguns quilómetros, no mar. Mais tarde, mais de dez anos depois, ocorreram as primeiras prisões. 

"Eu não queria ser o cristão de amanhã." era isso que ele repetia para si mesmo para não se envolver. A sua esposa e os amigos que viveram o Evangelho com ele ajudaram-no a recuperar a alegria e a luz das escolhas contracorrentes. «A minha consciência, a minha educação, os meus ideais, obrigaram-me a ir contra estas práticas». Roberto decidiu desistir, melhor ser pobre do que desonesto. 

Mais tarde, ele também teve que renunciar a outros cargos. Ele também teve experiências positivas em relação à gestão de plantas de purificação. Em uma delas, uma cooperativa social do litoral, ele estava junto com outras duas pessoas. Ele é engenheiro, eletricista e operário com passado de dependente químico, que graças a essa oportunidade conseguiu reingressar no mundo do trabalho. Os resultados foram excepcionais, tanto que um técnico de laboratório que verificou nunca tinha visto a água tão pura, pensando que ela havia sido adulterada.

Atualmente você administra uma estação municipal de tratamento de esgoto e outras pequenas empresas privadas. Aquele técnico que não acreditava em água tão pura agora leva grupos escolares para visitar as usinas administradas pelo nosso engenheiro.

O preço da consistência é alto. A sua situação económica não melhorou. Mas ele acreditava no amor de Deus mesmo que isso significasse fazer escolhas contra a corrente. «Esta manhã fui dar um passeio na praia. Diante do espetáculo do mar e dos reflexos do sol nas águas, senti a presença de Deus me tranquilizando: estou no caminho certo.”

Clique para ouvir o texto destacado! Distribuído por Discurso G